Lucarelli e Éder brilham, e Brasil atropela a Argentina na Liga Mundial

O Brasil segue 100% na Liga Mundial de Vôlei. Depois de bater em duas partidas a atual campeã, a Polônia, na casa do rival, a seleção de Bernardinho mais uma vez não tomou conhecimento e venceu no território “inimigo”. Em Mendoza, a vítima agora foi a Argentina, derrotada pelo Brasil por 3 sets a 0, parciais de 25/20, 25/20 e 25/15, em pouco mais de 1h30m de jogo. Com o resultado, o time de Bernardinho assume, ao menos temporariamente, a liderança do Grupo A da Liga Mundial, que pertencia a Bulgária, que tem duas vitórias, mas perdeu apenas dois sets (o Brasil perdeu três no total).

Neste sábado, Brasil e Argentina voltam a se enfrentar, às 20h30 (de Brasília), também em Mendoza, na Argentina. Além de brasileiros e argentinos, completam o Grupo A da competição os Estados Unidos, Polônia, Bulgária e França.

O jogo

O jogo não começou com um bom cenário para o Brasil. Falhando bastante na recepção, o time viu a Argentina chegar na frente no primeito tempo técnico. Com problemas para virar as bolas e com a marcação da rede argentina atenta, o Brasil tinha dificuldades. Conversando bastante em quadra, a equipe passou a se acertar, e com Bruninho distribuindo bem o jogo, Vissotto e Dante passaram a entrar na partida.

Assim, e com Éder bem nas bolas de meio, o Brasil passou à frente antes do segundo tempo técnico, com 16 a 14 no placar e não o deixou mais. No restante do set, bastou administrar para fechar o set inicial em 25 a 20, em 27 minutos de jogo.

O segundo set começou com o Brasil dominando desde o início. Com Vissotto bem no saque, a seleção abriu logo 5 a 2. Lucarelli era outro bem no ataque. Assim, o time de Bernardinho virou o primeiro tempo técnico vencendo por 8 a 6. Do lado argentino, Castellani e Sebastian eram os maiores pontuadores.

vôlei Argentina x Brasil (Foto: Reprodução)Brasil não tomou conhecimento da Argentina e venceu com fácil 3 a 0 (Foto: Reprodução)

Mesmo atrás do placar, os hermanos conseguiram vencer o maior rali do segundo set. Após belas defesas lá e cá, os argentinos conseguiram parar Dante no bloqueio. Depois, ainda anotaram o primeiro ponto de saque e pegaram Vissotto em novo paredão, trazendo a diferença para 13 a 10, fazendo Bernardinho parar o jogo. Na reta final do set, a seleção voltou a comandar as ações e fechou em 25 a 21.

Terceiro set tranquilo

O terceiro set teve início e o panorama parecia mostrar que seria o mais equilibrado. Apesar de estar sempre à frente do placar, a seleção brasileira via os argentinos em cima. Mas próximo ao segundo tempo técnico, o Brasil voltou a atropelar, com show do menino Lucarelli, e logo abriu 16 a 9.

Relaxados, os brasileiros soltaram o jogo e viram os argentinos sentirem a pressão. Tanto é que do tempo técnico em diante a equipe rival só anotou mais seis pontos. No bloqueio de Éder, o Brasil fechou o set em 25 a 13 e o jogo em 3 sets a 0, sem grandes dificuldades.

A seleção brasileira jogou com Bruninho, Isac, Eder, Vissotto, Lucarelli e Dante, com Mário Júnior de líbero. Entraram Wallace e William. A Argentina atuou com Castellani, Martin, Uriarte, Sebastian, Federico, Bengolea e González de líbero. Entraram Quiroga, Nicolas, De Cecco e Romanutti.

Outros resultados do dia:

Grupo A
EUA x França (em andamento)

Grupo B
Rússia 3 x 0 Sérvia
Itália 3 x 0 Cuba

Grupo C
Canadá 3 x 0 Coreia do Sul

FONTE: Globo Esporte

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s