(Liga Mundial) Brasil vence Polônia com dificuldade e se torna líder do grupo A

Com show de erros, Brasil vence Polônia e divide liderança na Liga Mundial

A seleção brasileira masculina de vôlei conseguiu, com muita dificuldade, a sua segunda vitória na Liga Mundial, ao derrotar a Polônia, neste domingo (09/06), por 3 a 2, parciais de 26-28, 22-25, 25-23, 25-20 e 15-10, em 2h26 de jogo, na Atlas Arena, em Lodz.

Diferente da partida de sexta-feira (07/06), o jogo foi marcado por muitas solicitações de vídeo-replay e também por muitos erros das equipes. O Brasil atingiu a incrível marca de 42 erros no jogo, o que dá quase dois sets.

A partida começou apresentando as mesmas características do primeiro duelo. Polônia bem no saque e Brasil mal na recepção. Novamente, após a inversão, com Willian e Wallace, o Brasil, em desvantagem no placar, reagiu e partir para virar o set.

Mais tranquilo, a equipe brasileira voltou sem Lucão para o segundo set. Após sentir uma contusão, ele saiu e Isac, em seu primeiro jogo na Liga Mundial, deu conta do recado, fazendo aces, pontos de ataque, e assustando os adversários nas subidas de bloqueio. Jogando melhor, o Brasil esteve o tempo todo a frente e fez dois a zero.

Após a pausa de 10 minutos entre o terceiro e o segundo set, a história mudou. Jogando o tudo ou nada, a Polônia veio mais agressiva e foi aí que o vídeo-replay começou a aparecer. Em toda a bola duvidosa, o vídeo era requisitado, muitas vezes sem razão. Sem saber corretamente como funciona essa regra e sem saber a quantos cada time tinha direito, os árbitros começaram a se enrolar e os técnicos passaram a se aproveitar disso para com a solicitação dos vídeos, tentar desestabilizar o adversário. E nessa, quem se deu pior, foi o Brasil.

Errando demais, o time perdeu o terceiro set por diferença mínima e viu a chance de liderar isoladamente o grupo A ir embora após o apagão do quarto set, perdido por 25-20. Nesse momento, o destaque ficou para Lucarelli e Bernardinho. O treinador fez questão de em cada tempo, conversar individualmente com seu jogador.

No tie-break, o Brasil reduziu o número de erros e contando com o desgaste dos principais jogadores poloneses, como Bartman e Winiarski, venceu com facilidade por 15-10 e fechou o jogo em 3 a 2.

Com cinco pontos, o Brasil divide a liderança do grupo com a Bulgária, mas perde no set average.  O Brasil volta a quadra nos dias 14 e 16 de Junho, em Mendonza, para enfrentar a Argentina. Já a Polônia, só entra em quadra daqui 15 dias, para jogar contra a França.

Liga Mundial 2013 – Grupo A
Polônia 2 – 3 Brasil (26-28, 22-25, 25-23 e 25-20 e 10-15)
Ginásio: Atlas Arena – Lodz
Árbitros: Simone Santi (ITA)e  Dragutin Cuk (SRB)

Polônia – Zygadlo (1), Bartman (15), Kubiak (10), Kurek (4), Nowakowski (10), Mozdzonek (12) e o líbero Zatorski. Entraram – Konarski, Winiarki (13) e Ruciak (1). Técnico: Andrea Anastasi

Brasil – Bruno (1), Vissotto (26), Lucarelli (9), Dante (14), Lucão (4), Éder (12) e o líbero Mário Jr.. Entraram – Wallace (4), William, Isac (8) e Lipe. Técnico Bernardinho

Fonte: Melhor do Vôlei

Advertisements

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s