Vôlei Futuro feminino não joga e começa mal a semifinal

Por mais que a torcida tenha que incentivar, por mais que nós temos sempre que estar juntos com a equipe nos momentos bons e ruins, tem hora que, olha, sinceramente, é difícil. É muito difícil.

Vou fazer um texto curto, afinal, o jogo foi curto.

O Vôlei Futuro começou bem o jogo, abrindo, logo de cara, 3 x 0, deixando todos nós felizes. Mas não demorou nada para que Unilever virasse a partida e começasse a abrir vantagem. E o controle do jogo foi totalmente inteiro da equipe carioca. 17 x 25.

No 2º set, nembem começou. Já começou ruim e, se o buraco fosse mais fundo, afundaria mais. Lembram dos anúncios na TV que o jogo seria maravilhoso, jogão…?  Ok. 13 x 25 foi o placar da segunda parcial.

Ainda dava para acreditar, pois, se olharmos para jogos anteriores, o Vôlei Futuro saiu da lama e virou parciais e venceu.

O 3º set começou com 2 erros de saque nosso. Unilever logo abriu 5 x 8 mas o Vôlei Futuro conseguiu empatar o jogo. 12 x 12. Verê ajudou a animar a torcida, que fez mais barulho do que já estava fazendo. Mas a reação parou por aí. 15 x 25 foi o resultado final.

Joyce, Fernanda Berti e nada. NESSE JOGO, era tudo a mesma coisa. Não sei quem estava jogando pior. E ainda, Paulo Coco, em um jogo tão importante, deixa a Carol Gattaz no banco. Não é menosprezar a Andressa nem nada, mas olha o jogo que é! Semifinal gente! Poxa vida!

Stacy começou bem mas aí parou de jogar. Com a torcida gritando o nome da Verê para entrar, ela veio. E ela jogou bem sim. Passou bem.

Ana Cristina não estava muito bem e Paulo Coco insistia nela. Mas foi substituída.

Paulo Coco não soube coordenar o time.

Enfim, ninguém jogou nada. Uma vergonha.

A torcida fez sua parte. E como fez. Estava lindo o espetáculo da TORCIDA, porque na quadra não teve espetáculo. Aliás, não teve jogo. A torcida encheu o ginásio para ver um treino de vôlei.

Ainda temos esperança. Não era desse jeito que queríamos ver nosso time se despedir da sua torcida em Araçatuba, mas ainda acreditamos. Que as críticas sejam para que a equipe possa crescer. Que as atletas e comissão técnica possam ver os erros, ouvir e aceitar as críticas para transformá-las em elogios e mostrar que nós podemos. Que nesses dias que antecedem o sábado, sejam de fortalecimento e concentração para nossas meninas. Não podemos perder agora, e muito menos desistir. Ainda restam 2 partidas, e eu acredito!

Sábado estaremos todos ligados na Globo às 10h para ver a vira-volta do Vôlei Futuro, porque nossa equipe não nasceu para terminar em uma semifinal. Queremos a vitória.

Na alegria ou na tristeza,

#euacreditoVF #voleifuturoeusou

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s