Liberada, Stacy diz que será melhor agora!

08/05/11 – Ao falar, Stacy Sykora mistura português e italiano. Por vezes, recorre à língua natal, o inglês, para se expressar. Uma das exigências da jogadora é falar português, até para comprovar sua validez depois do acidente que a deixou em coma por cinco dias. Na verdade, pouco importa o idioma que a menina de mãos grandes e múltiplos piercings pelo rosto emprega. Ela fala com o coração.

ykora comoveu o esporte nacional em 12 de abril e nos dias subsequentes. Ela estava no ônibus junto a suas companheiras do Vôlei Futuro, a caminho do ginásio José Liberatti, em Osasco (SP). Disputaria a primeira partida da semifinal contra o Sollys/Osasco.

Chovia muito na capital paulista. A poucos metros do palco da partida, o motorista do ônibus perdeu a direção e o veículo tombou. Jogadoras do time sofreram lesões, cortes, mas desde o início era Sykora quem mais inspirava cuidados. Ainda naquela noite, ela foi transferida do Hospital Regional de Osasco para o Hospital Sírio Libanês, onde permaneceu até a última sexta-feira. Depois de receber alta, na sexta-feira, atendeu a reportagem do LANCENET! ainda no Sírio Libanês.

“Eu não me lembro de nada (do acidente). Eu me lembro de um treino com Fabi (Fabiana, central do Vôlei Futuro), uma semana antes do jogo. Eu lembro só deste dia, não estou brincando”, enfatizou.

O lapso de memória se justifica. Sykora teve um traumatismo crânioencefálico e uma hemorragia intracraniana. Com o passar dos dias e a indefinição de sua situação, a mãe, Sherian, e uma das irmãs, Keri, vieram às pressas ao país para ver a evolução do quadro da jogadora. Tão logo ambas chegaram, Sykora teve melhora.

“Minha mãe nunca põe os pés fora dos Estados Unidos. Minha irmã também não. Então, quando as vi aqui no hospital, minha reação foi: O que é isso?. Eu gosto muito que elas apareçam”, afirmou.

Ainda na última sexta-feira, Sykora começou a retomar a vida normal. Depois de comer sushi, seu maior desejo, embarcou para os Estados Unidos, onde se apresentaria à seleção americana. Ela ficará concentrada com a equipe nacional de seu país até outubro. Acha que apenas para ajudar? Nada.

“Quero ser a melhor líbero do mundo, quero ser a melhor líbero da seleção americana, quero ser a melhor líbero do Vôlei Futuro, a melhor do Brasil”, afirmou.

FONTE: melhordovolei.us

Advertisements

One thought on “Liberada, Stacy diz que será melhor agora!

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s